Gestão de TI do governo é insatisfatória, diz TCU

A governança e a gestão de TI da administração pública federal ainda apresenta níveis insatisfatórios.

A conclusão consta de relatório elaborado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), o qual aponta que 57% das instituições federais ainda estão em estágio inicial de governança de TI, enquanto 38% estão em fase intermediária e apenas 5% em estágio avançado.

O estudo, que analisou 265 órgãos da administração federal, levou em conta o nível de uso de tecnologia pelas instituições e o conhecimento e preparo dos funcionários de TI para dar suporte às necessidades da própria instância e do governo. O TCU ouviu ministérios, universidades, autarquias, fundações, tribunais federais, secretarias e empresas públicas.

Para o ministro Aroldo Cedraz, relator do processo, “o panorama de TI do governo é desolador”. Ele entende governança de TI como “o conjunto estruturado de políticas, normas, métodos e procedimentos destinados a permitir à alta administração e aos executivos o planejamento, a direção e o controle da utilização atual e futura de tecnologia da informação”. O que não ocorre com os órgãos do governo.

Fonte: TIinside

Anúncios

6 comentários sobre “Gestão de TI do governo é insatisfatória, diz TCU

  1. Com certeza, em Brasília por exemplo, já existem várias empresas aproveitando essa oportunidade de negócio e “tentando” implementar as boas práticas na gestão de TI, mas uma coisa em que estamos esbarrando é na politicagem, é muito difícil vencer “o medo” de se ter a coisa controlada.

    • Ótimas colocações de todos, especialmente da Quezia… pois ela diagnosticou o tendão de Aquiles da implementação de Gestão de Serviços de TI no governo: a Politica!!!

      Os cargos de confiança, de diretorias e coordenações são carregados de estigmas e práticas retrógradas onde se retem o poder de decisão na mão de um ou de poucos que sofrem sempre muita influência de cima; e quando isso acontece eles atropelam toda e qualquer boa prática já utilizada apenas pelo fator político da execução da solicitação, ou seja: para que não percam seus cargos e gratificações.

      é Triste mas é real! =/

  2. Concordo com o Rildo. Realmente é um nicho e tanto de mercado. A administração pública está em todos os lugares. Basta montar um bom plano de negócio e fazer valer os conhecimentos adquiridos através da oferta de consultoria e serviços. Abs.

  3. Concordo com o Rildo, porém a gestão de TI já inicia seu processo de desenvolvimento no mercado com novas e boas práticas para gestão e percebe-se que tais práticas merecem bastante ateção uma vez que melhoram bastante os serviços nas empresas.

  4. Na minha opinião, novidade seria se fosse ao contrário (Gestão de TI do governo fosse satisfatória). Mas, acho que isto é grande oportunidade para os profissionais de Gestão de Serviços de TI e empresas.

  5. Rafael, realmente isso não se trata de uma novidade. Podemos perceber isso pela demora no desenroalr de qualquer tramite que circula em orgãos publicos. Repartições publicas até pouco tempo atrás eram verdadeiros “mares de papeis”, penso que muitos setores publicos demoraram para partir para a informatização. Vamos torcer para que isso melhore.

    Abraço.
    Ailton

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s